fevereiro 01, 2012

DESPERTE SEU DESTINO

Saiba que Deus o preparará.
Deus tem a fama de chamar pessoas para fazerem coisas além do que parece ser sua habilidade natural.
Olhe para Davi na Bíblia, um jovem pastor que derrotou um gigante, e mais tarde veio a tornar-se um rei.
Olhe para Pedro, um pescador sem instrução e cabeça quente, que se transformou em um apóstolo respeitado na igreja.
Moisés, que pediu: “Deus, quem sou eu para ir ao Faraó e tirá-los de lá?” Ele deu tudo o que foi desculpa a Deus, explicando o porque não poderia fazer aquilo. Ele disse a Deus que tinha dificuldades para falar.
É fácil se sentir inadequado e estupefato, mesmo quando você sabe em seu coração o que é chamado a fazer. Mas esse sentimento de inadequação é bom. Isso significa que você sabe que precisa de Deus e não pode cumprir seu destino sem Ele.
Deus não está olhando suas falhas ou suas fraquezas. Ele olha sua habilidade de trabalhar através dEle.
Ele investe em você, te molda e te prepara, usando cada experiência que você tem e redimindo tudo para algo bom. Isso significa que cada época de sua vida tem uma finalidade. É local de treinamento. Mesmo quando você não pode ver, Deus está trabalhando, acrescentando coisas a sua vida e moldando você. Você está crescendo na fé e sendo preparado para sua etapa seguinte.
Davi não podia ser um rei sem compreender como as ovelhas necessitam de um pastor.
Pedro não poderia ter se transformado em um líder forte sem ser áspero, durão, e inabalável.
Moisés não poderia conduzir o povo sem testemunhar os horrores da escravidão. Deus redimiu seu ato de matar um guarda, ao deixá-lo conduzir uma multidão à vida.

Texto de Henry Fisher

janeiro 03, 2012

NOVO ANO NOVO!!!


Novamente começamos um ano...
Já são muitos que começamos... mas nem sempre terminamos, pois o futuro pertence a DEUS.
Porém existem muitas pessoas que antes mesmo de terminarem o ano, já começaram um ano novo dentro de si.
É a fé... e a perseverança. A alegria de planejar coisas melhores para suas vidas. Assim estão sempre à frente de muitos.
São eles que têm olhos de águia e conseguem ver a possibilidade de prosperidade, não só para ele, mas para os que estão ao seu redor.
Essa é, com certeza, uma pessoa otimista e que crê que Deus sempre suprirá... que ELE está sempre à frente!
Essa é a pessoa que sabe que seus sonhos não morrem, porque estão nas Mãos mais potentes do universo.
Confiar em Deus é a solução de muitos problemas que nem existirão para os que creem Nele.
Entregue tudo nas mãos do Altíssimo, porque Provérbios 19:21 diz:
"Muitos são os planos no coração do homem; mas o desígnio do Senhor, esse prevalecerá."
QUE SEUS DIAS SEJAM REPLETOS DA PRESENÇA E DA PAZ DO NOSSO DEUS!!!
SÃO OS SINCEROS VOTOS DOS PASTORES, AMIGOS E IRMÃOS DA IBC

agosto 05, 2011

BATISMO DE IRMÃOS!

Sábado, dia 06 de agosto, às 10h00, haverá batismo de irmãos.
Vamos nos encontrar até 9h30 na porta da igreja para irmos juntos.

junho 29, 2011

CESTAS BÁSICAS

A nossa dispensa está vazia, irmãos!
Há pessoas que dependem da nossa ajuda para estarem se alimentando.
Traga sua doação e coloque no altar do SENHOR.

maio 26, 2011

REUNIÃO DE MULHERES

ATENÇÃO MULHERES DA IBC!
Sábado, dia 04/06, às 16 horas, teremos a nossa Reunião de Mulheres!
Convide uma amiga para ouvir a Palavra de Deus.

ATENÇÃO PARA OS NOVOS HORÁRIOS DE CULTOS!

Os cultos de terças-feiras; Oração e Libertação; passarão para às quintas-feiras no mesmo horário, e os Estudos Bíblicos das quintas-feiras serão realizados às terças-feiras, também no mesmo horário.
A troca de horário será por tempo indeterminado.

abril 26, 2011

VENTOS E TEMPESTADES DA VIDA

Um escritor inglês do século passado conta em uma de suas obras que na praia perto de sua casa, uma coisa muito interessante podia ser vista com frequência: um navio lançando a sua âcora no mar enfurecido.
Dificilmente existe uma coisa mais interessante ou sugestiva do que essa. O navio dança sobre as ondas; parece estar sob o poder e à mercê delas. O vento e a água se combinam para fazer do navio o seu brinquedo. Parece que vai haver destruição, pois se o casco do navio for lançado pelas ondas sobre as rochas das águas, será despedaçado. Mas, quando paramos para observar, o navio mantém a sua posição. Embora à primeira vista parecesse um brinquedinho desamparado à mercê dos elementos, aquele navio não era vencido.
Qual é o segredo da segurança deste navio? Como pode resistir às forças da natureza com tanta tranquilidade? Existe segurança para o navio no meio da tempestade porque ele está ancorado! A corda à qual ele está amarrado não depende das águas, nem de qualquer outra coisa que flutue dentro delas. Ela as atravessa e está fixada no fundo sólido do mar. Não importa quão forte o vento sopre ou quão altas sejam as ondas do mar – a sua segurança depende da ancora que está imóvel no fundo do oceano.
Muitas vezes nos sentimos no meio de uma tormenta sendo jogados pelas ondas da vida para cima e para baixo e açoitados pelo vento da adversidade todo o tempo. Parece-nos às vezes que jamais conseguiremos sobreviver a determinados períodos em nossas vidas.
A sua vida está assim? Você está vivendo em permanente tumulto? Você está sendo esmurrado por ventos tempestuosos? Sem Deus, a nossa vida é como um navio sacudido pelo mar enraivecido das circunstâncias incontroláveis da vida. Mas confiando nele experimentamos a presença e o amor de Deus como âncora da nossa existência. E assim, “nós que encontramos segurança n’Ele, nos sentimos muito encorajados a nos mantermos firmes na esperança que nos foi dada. Essa esperança mantém segura e firme a nossa vida, assim como a âncora mantém seguro o barco.”
Você pode enfrentar qualquer vendaval com segurança e tranquilidade quando o faz sabendo que “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará. (…) Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo.” Mesmo no meio da adversidade continue vivendo a vida com a certeza do amor e do cuidado de Deus.

Texto de L. Roberto Silvado
Texto Bíblico Utilizado:Hebreus 6:18-19; Salmo 23

março 03, 2011

A PREOCUPAÇÃO E A CADEIRA DE BALANÇO

Como eu tenho tendência a ficar preocupada, esta frase foi muito importante para mim… Sei que este é um mal que aflige à muitas pessoas, principalmente mulheres, por isso, mais uma vez volto a escrever alguma coisa em relação a este assunto.
Conta-se que um doente de um hospital psiquiátrico permanecia com o ouvido encostado na parede. A enfermeira, um dia, perguntou-lhe:
“O que você está fazendo aí?”
“Silêncio!” cochichou o doente, acenando para que a enfermeira também encostasse o ouvido na parede.
A enfermeira concordou e permaneceu ali durante uns minutos, prestando atenção:
“Não estou ouvindo nada!” ela disse.
“Eu também não” replicou o doente com a testa franzida. “É assim o dia inteiro!”
As pessoas que se preocupam com cada detalhe de sua vida são como este paciente. Umas se preocupam com o que poderia ter sido dito, outras com o que foi dito. Algumas se preocupam com o que poderia acontecer. Outras com o que não aconteceu, mas deveria ter acontecido. Há ainda as que se preocupam com o futuro. “Com quem será que vou me casar? Até que idade vou viver? Será que um dia meu marido me trairá? Não vou agüentar perder um filho!”. Outras se afligem com o que fizeram no passado e com as conseqüências disto.
Deus não nos criou para termos uma vida que é um fardo, Ele quer que tenhamos vida abundante (veja na Bíblia, em João 10:10), tanto na mente, como no corpo e no espírito. Assim como uma flor, fomos criados para florescer, e não para murchar na videira (isso está em Mateus 6: 25-34). Deixe que Jesus tome conta de suas preocupações hoje e aproveite as coisas novas da vida!
“Lançando sobre Ele todo a sua ansiedade porque Ele tem cuidado de vocês.” I Pedro 5:7
Texto de Hedy Silvado

janeiro 19, 2011

ASSUMA SUAS RESPONSABILIDADES

“A quem muito foi dado, muito será exigido” (Lucas 12:48)
O almirante Rickover disse uma vez: “Responsabilidade é uma palavra com conceito diferenciado. Quando você a compartilha, mesmo assim a sua parte não diminui. Quando você a delega, ela permanece com você. Tentar ignorar ou ‘passar a bola’ não vai tirá-la de você. Se ninguém mais pode apontar o dedo para você quando algo sai errado, é porque você nunca assumiu a responsabilidade”.
Deus procura pessoas a quem Ele possa delegar responsabilidade. E nunca precisou delas tanto quanto hoje! Deus precisa não apenas de sonhadores, mas de empreendedores. Não tanto daqueles que só trabalham dentro dos seus limites de segurança, mas daqueles que se arriscam a ultrapassar esses limites, custe o que custar. Às vezes a decisão de não fazer nada é sábia, mas não se pode construir uma carreira baseado somente nela. Freddy Fulcrum pensava em tudo com extremo cuidado. Ele sempre pensava tanto no lado positivo quanto no negativo de uma questão. O problema é que esses argumentos se contradiziam tão perfeitamente que acabavam se anulando e, por fim, ele nunca fazia nada. Quando Freddy finalmente morreu, mandaram gravar um grande zero sobre seu túmulo. John Maxwell escreveu: “Se você decidir pescar, tudo bem; se você decidir eliminar a isca e ir a um restaurante, tudo bem; mas se você decidir não fazer nada, não terá peixe para o jantar”.
Descobrir e cumprir o propósito de Deus para a sua vida, requer assumir responsabilidades e tomar decisões. Decisões duras, solitárias, difíceis, impopulares, desagradáveis e corajosas. Também significa o fim das desculpas: “Pois a quem muito foi dado, muito será exigido”. Você pode até dizer que não gosta do modo como está sua vida. É mesmo? Mas o que você pretende fazer a respeito?
Fonte: Projeto Água Viva
Boletim de 23/01/2011

janeiro 12, 2011

FOTOS DA NOSSA FESTA DE FIM DE ANO


Veja na página FOTOS DE EVENTOS...

CULTO EM MARIO CAMPOS

DIA 19 DE JANEIRO - QUARTA-FEIRA - CULTO EM MÁRIO CAMPOS
HORÁRIO DE ENCONTRO NA PORTA DA IGREJA ÀS 18 HORAS
Por favor, confirme sua presença com a Secretaria 3411-4017 ou por e-mail ibbethshalom@oi.com.br

IGREJA DE MARIO CAMPOS É ADOTADA PELA IBC

Foi com alegria que recebemos os irmãos da igreja de Mário Campos (MG) para o culto de domingo - 09/jan/2011.
A história de como conhecemos os irmãos chega a ser muito interessante.
No dia 04 de janeiro de 2010, durante um culto de oração, recebemos uma ligação de irmãos de uma igreja em Mário Campos (MG); distante 38 km da nossa capital; que pediam auxílio de um pastor, uma vez que haviam sido abandonados e precisavam de cobertura espiritual.
Por uma "Providência", (assim podemos entender), eles estavam tentando falar com outra igreja, mas caiu na nossa. MAS DEUS SABE O QUE FAZ! Oramos por eles e Deus colocou muito amor em nossos corações por aqueles irmãos, sem mesmo conhecê-los.
Tão logo terminamos o culto, o Pr. Elildo retornou a ligação, e os atendeu prontamente, combinando que iria visitá-los.
Assim fizeram no sábado, o Pr. Elildo, Noemi sua esposa, o Pr. Toledo e Isabela sua esposa, para a glória de Deus, que foram recebidos pelos irmãos com muito carinho e alegria.
Os irmãos de Mário Campos então vieram nos visitar neste domingo, trazendo consigo sua alegria e esperança de um renovo. E o Espírito Santo de Deus tocou mesmo! Houve conserto de alguns irmãos na presença do Pai e bençãos derramadas.
Foi muito bom recebê-los aqui e com certeza estaremos unidos para qualquer batalha. Contem conosco! Somos agora parceiros, que, juntos, venceremos todos os obstáculos com a fé que temos no nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
(Vejam as fotos na página de FOTOS DE EVENTOS)

janeiro 10, 2011

PRESTE ATENÇÃO NA SUA BOCA

“A boca fala do que está cheio o coração...” Lucas 6:45). ”Ah, aquilo foi só um monte de palavras sem sentido. Nada mais!” Errado! As nossas palavras são grande coisa  elas dizem muito!.. Uma pessoa boa produz um bom tesouro do seu coração o bem, assim como a pessoa má, produz toda a sorte de coisas ruins a partir do mal que está em seu íntimo, pois “a boca fala do que está cheio o coração”. As suas palavras têm um impacto negativo ou positivo. 1) Considere alguns impactos negativos. Elas podem ferir profundamente as pessoas. “Há alguém que fala imprudentemente como os golpes de uma espada...” (Pv 12:18). Elas podem destruír o espírito de uma pessoa, arrancando dela a coragem de viver. ”...A perversidade da língua quebranta o espírito...” (Pv 15:4). As palavras ditas descuidadamente entre as pessoas podem destruir relacionamentos. “O hipócrita com a boca destrói o próximo...” (Pv 11:9). Morte emocional e até física podem resultar das palavras. “A vida e a morte estão no poder da língua...” (Pv 18:21). Considere alguns impactos positivos. As suas palavras podem gerar vida em um relacionamento. “A língua serena é árvore de vida...” (Pv 15:4). As palavras certas podem ajudar a curar relacionamentos feridos. “As palavras agradáveis são... doces para a alma e trazem cura para os ossos” (Pv 16:24). Palavras bem escolhidas podem nos ajudar a entender uns aos outros. “A doçura no falar aumenta o  saber...” (Pv 16:21). As palavras ditas no momento certo podem nos aproximar mais. “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo” (Pv 25:11).
Aquilo que você diz importa, por isso preste atenção na sua boca!
Boletim de 09/jan/2011

UM PRESENTE PARA JESUS

De repente, olhando as estrelas lá no céu, vi uma estrelinha brilhando, mais rápida e intensamente, então fiquei a pensar que neste Natal poderia ter algo diferente; algo mágico poderia acontecer. 
Mas o que seria mais mágico do que o verdadeiro significado desta data? Há quase dois mil anos nascia entre nós homens um ser de pura luz;
nascia, Cristo nosso salvador o maior presente de Deus para toda a humanidade; nascia Jesus, puro amor que ao ser pregado na cruz pedia ao Pai que perdoasse a humanidade, pois ela não sabia o que fazia.
Um Natal diferente; já sei, um presente para Jesus...
E o que eu daria para ele?
Daria algo que não pudesse tocar, só sentir; daria amor.
Pediria aquela estrelinha de brilho mais intenso que se aproximasse de mim e retirasse do fundo do meu coração, o amor mais puro que lá encontrasse, e que esse amor fosse levado em forma de luz e entregue ao coração de Jesus, com um beijo, e um muito obrigada.
Acho que qualquer presente que se pensasse seria realmente pouco tamanha sua grandeza, mas valeria muito a intenção.
Com certeza seria um Natal mágico, diferente, um presente para Jesus.
Que o seu Natal seja tão iluminado quanto as estrelas de puro amor.
Boletim de 26/dez/2010

SUA IMAGINAÇÃO NÃO É GRANDE O SUFICIENTE PARA TUDO O QUE DEUS QUER FAZER POR VOCÊ

Não podemos nem começar a imaginar tudo o que Deus quer fazer por nós. No entanto, Deus nos deu o presente da imaginação a fim de nos impedir de pensarmos somente nas nossas atuais condições. Ele quer que façamos uma tournê de nossas visões regularmente. Quando Jeremias compreendeu sua visão, ele começou a perceber sua capacidade. A princípio, ele achava que não podia falar publicamente para Deus. Quando Deus chama, contudo, Ele supre. Seja o que for que Ele requer, ele nos capacita a fazer. No caso de Jeremias, Deus deu a habilidade de falar por ele: "Depois, estendeu o SENHOR a mão, tocou-me na boca e o SENHOR me disse: Eis que ponho na tua boca as minhas palavras." (Jeremias 1:9)
Deus nunca irá chamá-lo para fazer algo para o qual Ele já não o tenha capacitado ou o capacitará a fazer quando chegar a hora. Nunca permita que nenhum ser humano julgue seu potencial. Outras pessoas talvez não sejam capazes de ver seu propósito; e suas habilidades são determinadas pelo seu propósito. Novamente, seja o que for que Deus esteja fazendo com que você sonhe é uma revelação de sua capacidade. Responsabilidade é na verdade "responder-habilidade" ou habilidade de responder aos requisitos da sua visão.
Texto de Henry Fisher
Boletim de 28/nov/2010

dezembro 12, 2010

REUNIÃO DE MULHERES

Breve estaremos postando as fotos do evento

11/DEZ/2010 - BATISMO DE NOVOS IRMÃOS

 Foi um dia muito especial para cinco irmãos que passaram pelas águas neste último sábado. Foram eles: Wilson, Janaina, Geraldo, Iury e Arlete.
As fotos estarão disponíveis amanhã para todos.
Louvamos a Deus por suas vidas.

APROVEITAMOS A OPORTUNIDADE PARA AGRADECER A DEUS TAMBÉM POR TRAZER PARA A FAMÍLIA IBC OUTROS IRMÃOS: GLÓRIA, CAROL, KETLLYN E ROGÉRIO.

novembro 23, 2010

A ÁRVORE DOS PROBLEMAS

Esta é uma história de um homem que contratou um carpinteiro para ajudar a arrumar algumas coisas na sua fazenda.
O primeiro dia do carpinteiro foi bem difícil. O pneu da seu carro furou e ele deixou de ganhar uma hora de trabalho. A sua serra elétrica quebrou, ele cortou o dedo, e finalmente, no final do dia, o seu carro não funcionou.
O homem que contratou o carpinteiro ofereceu uma carona para casa e, durante o caminho, o carpinteiro não falou nada.
Quando chegaram a sua casa, o carpinteiro convidou o homem para entrar e conhecer a sua família. Quando os dois homens estavam se encaminhando para a porta da frente, o carpinteiro parou junto a uma pequena árvore e gentilmente tocou as pontas dos galhos com as duas mãos. Depois de abrir a porta da sua casa, o carpinteiro transformou-se. Os traços tensos do seu rosto transformaram-se em um grande sorriso, e ele abraçou os seus filhos e beijou a sua esposa.
Um pouco mais tarde, o carpinteiro acompanhou a sua visita até o carro. Assim que eles passaram pela árvore, o homem perguntou por que ele havia tocado na planta antes de entrar em casa.
Ah”, respondeu o carpinteiro, “esta é a minha planta dos problemas.”  “Eu sei que não posso evitar ter problemas no meu trabalho, mas estes problemas não devem chegar até os meus filhos e minha esposa. Então, toda noite, eu deixo os meus problemas nesta árvore quando chego em casa, e os pego no dia seguinte.” “E você quer saber de uma coisa? Toda manhã, quando eu volto para buscar os meus problemas, eles não são nem metade do que eu me lembro de ter deixado na noite anterior…”
“A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim”
(Jeremias 3:22)
Autor desconhecido
Boletim de 21/NOV/2010

novembro 18, 2010

SEJA A MUDANÇA QUE QUER SER


Você pode ser o modelo de mudança. Não force as pessoas a mudar, em vez disso, lidere pelo exemplo e semeando boas sementes.Simplesmente, sermos a mudança que queremos ver.
Ser um modelo de mudança não significa tratar as relações com uma atitude de que vou te consertar. Às vezes é fácil para nós pensarmos que estamos na terra para dar a todos um pouco de sabedoria e ajudar a endireitá-lo(a), mas não estamos. A maioria das pessoas já conhece as áreas nas quais precisam trabalhar. Elas não precisam de você para apontar os seus defeitos. Quando começamos a querer consertar todos ao nosso redor, perdemos a verdadeira riqueza que poderíamos ganhar com essas relações. Quando você se propõem a corrigir alguém, o que você está realmente dizendo é: "você não é bom o suficiente do jeito que é, de modo que vou corrigir você! "Mas não é isso que as pessoas precisam. As pessoas precisam saber que são amadas incondicionalmente. Elas precisam saber que nós aprovamos, mesmo quando de vez em quando elas pisa, na bola. Elas querem saber que podem contar com nosso amor e apoio, não importa o que aconteça. Se você achar que está corrigindo ou ensinando alguém em cada conversa, você provavelmente precisa ajustar a sua abordagem com as pessoas.
Para tirar o máximo partido das nossas relações com os outros, temos que equilibrar as nossas expectativas para com eles com a graça de permitir que sejam quem são. Você pode pensar que você tem a solução perfeita para a inadequação de alguém, e porque você quer o melhor para eles, você se sente justificado em dizer-lhes isso. Entretanto, não caia na armadilha de sentir que você precisa se fazer entender ou ensinar uma lição de vida em todas as conversas. Não tente consertá-los. Em vez disso, apenas relaxe e desfrute de seu relacionamento.
Texto de Henry Fisher
Boletim de 14/Nov/2010

novembro 08, 2010

VENCEDORES E PERDEDORES

Um vencedor é sempre parte da resposta.
Um perdedor é sempre parte do problema.
Um vencedor sempre possui um programa.
Um perdedor possui sempre uma desculpa.
Um vencedor diz: “Deixe-me ajudá-lo”.
Um perdedor diz: “Não é minha obrigação”.
Um vencedor vislumbra uma resposta para cada problema.
Um perdedor vê todos os problemas sem resposta.
Um vencedor diz: “Pode ser difícil, mas não impossível”.
Um perdedor diz: “Pode ser possível, mas é difícil”.
Um vencedor entende que sem Deus não poderá encontrar-se com o melhor para sua vida.
Um perdedor crê que pode viver sempre baseado em seus recursos próprios e em seu orgulho pessoal.
Deus é contra os orgulhosos, mas ajuda os humildes.” (Tiago  4:6)
Confie no Deus Eterno de todo o coração e não se apoie na sua própria inteligência.
Lembre-se de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo.
Não fique pensando que você é sábio; tema a Deus e não faça nada que seja errado.
Pois isso será como um bom remédio para curar as suas feridas e aliviar os seus sofrimentos
.” (Provérbios 3:5 a 8)
Que tal refletir e redirecionar sua vida para o melhor? Pense em pelo menos uma área de sua vida que precisa mudar. Agora pense em algo prático para fazer com a ajuda de Deus.


Fonte: VidaNet

Boletim de 31/10/2010

outubro 26, 2010

O PERDÃO É LIBERTAR O CATIVO E EM SEGUIDA PERCEBER QUE O PRISIONEIRO ERA VOCÊ

Eu ouvi dizer que o perdão é libertar o cativo e em seguida, perceber que o prisioneiro era você. Escolha a liberdade ao escolher o perdão! Gastamos muito tempo nos preocupando com o que os outros pensam de nós, e normalmente eles não estão nem pensando em nós. Precisamos aprender a não ser sensíveis demais. Não perca tempo precioso se perguntando: "O que será que ele quis dizer com isso"? Por que ela disse isso? Qual a razão daquele olhar? Antes que você perceba, terá feito uma tempestade em copo d'água.
É importante reconhecer que o perdão é mais do que meras palavras, é uma atitude do coração que induz a uma transformação espiritual. Hoje quero te encorajar a, se alguém tem prejudicado você e ainda sente aquela sensação de hesitação lá dentro quando você vê ou pensa na pessoa que o feriu, leve isso a Deus e permita que Ele mantenha seu coração flexível e sensível. Lembre-se, palavras ou ações ofensivas de ninguém definem quem você é definem seu valor. Perceba que embora a vida nem sempre seja justa, Deus é sempre justo. Ele é um Deus de justiça e ele é o único que está trabalhando com você para fazer uma linda pérola no meio das suas dificuldades.
Texto de Henry Fisher
Boletim de 24/11/2010

outubro 19, 2010

HOMENAGEM ÀS CRIANÇAS




Dia 12 de outubro de 2010, durante o culto de celebração, houve uma homenagem da IBC às crianças que frequentam e visitam a nossa igreja. Foram distribuídos várias lembrancinhas, com direito a refri e cachorro quente.
Veja as fotos na página Fotos de Eventos.

ACAMPADENTRO

Dia 15 de outubro aconteceu o ACAMPADENTRO com os jovens da IBC. Eles foram acompanhados pelos irmãos Marcelo Simões e Sônia Marques, que fizeram uma programação muito especial para eles.
Vejam as fotos na página de Fotos de Eventos.

DIA DOS PROFESSORES


A IBC parabeniza aos professores da EBD e os do Instituto Cristão do Caiçara pelo seu dia, desejando a todos cada vez mais saúde e sabedoria para continuarem na obra.

outubro 18, 2010

ENSINANDO E APRENDENDO COM OS MINEIROS DO CHILE

Era pra ser um texto falando bem e carregado de emoção sobre o resgate dos mineiros no Chile.
Ontem, como boa parte do mundo, acompanhei emocionado o resgate dos 33 trabalhadores da mina de San Jose, no deserto do Atacama, o famoso deserto chileno.
Não contive as lágrimas ao ver muitos dos resgates e imediatamente comparações naturais com a igreja me vieram à mente. Tanto que pensei em colocar o nome neste artigo de “aprendendo a ser igreja com os mineiros do Chile”. Desisti.
Não... não foi em vão a emoção que senti e muitas das lições, pelo menos por algum tempo aprendidas. As analogias são inevitáveis.
Em primeiro lugar, falemos dos verdadeiros heróis, que não foram os mineiros. Os grande heróis da história foram os homens da equipe de resgate, principalmente aqueles que desceram ao fundo da mina para ajudar no resgate dos que ali estavam. Quantas comparações vêm à mente:
> eram homens perdidos nas trevas;
> alguém teve que se fazer como eles para que pudesse salvá-los;
> os méritos são todos da equipe de resgate, já que eles por suas próprias forças jamais sairiam dali
Isso é só o começo. As semelhanças continuam com aquilo que a igreja deveria ser: Pelo que sabemos, todos se uniram de forma a manter a vida de cada um, revezando-se em turnos, em apoio, em mútuo auxílio. Ah! Como falta isso em nossos arraiais onde o que mais se vê são homens devorando homens.
Outro fato interessante: as pessoas que aguardavam ansiosas no “acampamento da esperança”, não saíram de lá enquanto o último não fosse resgatado. TODOS valiam a pena, TODOS eram importantes. Não havia sequer o desejo de “assim que o meu querido sair, eu vou-me embora e que se danem os outros”. Que coisa linda! O desejo de que todos se salvem é maior do que a festa “do meu que se salvou”.
Há ainda uma outra lição, esta para a liderança: o último mineiro a sair, Luis Urzúa, era justamente o “líder” do grupo. Quanta diferença da liderança de hoje, que quer ser servida em primeiro lugar, antes das suas ovelhas. Como já ouvi de um pastor batista, no púlpito de sua igreja, justificando seu salário astronômico e seus luxos: “vocês têm que entender que a prosperidade do pastor é símbolo da prosperidade da igreja”. Quanta bobagem numa única frase! Mas Urzúa entendeu o verdadeiro papel do líder: animar a todos os liderados, servir ao invés de ser servido, e ser o último a “receber a benção”.
Pois é... tantas belas lições para a igreja... corpo de Cristo, que deve aprender a viver em comunhão verdadeira, apoio mútuo, desejo de que o outro também seja abençoado e uma liderança que se volta totalmente para o outro.
Tudo ia bem... até que...
Num dos últimos noticiários sobre o resgate, uma informação veio à tona: famílias já cobravam caro para dar o testemunho da libertação de seus parentes e outros já fechavam contratos de exclusividade para contarem suas histórias.
Minha conclusão: nos ensinaram o que havia de melhor....e aprenderam de nós o que temos de pior: a comercialização das bênçãos e da fé alheia.
Triste realidade essa do ser humano!

Texto de José Barbosa Junior - sugerido por Renato Fontes
Boletim de 17/out/2010

DEMONSTRANDO AMOR

Estou fazendo um curso para pais e gostei muito da lição sobre as “linguagens do amor”. Um dos mais profundos desejos emocionais que temos é sentir que somos amados. Será que eu estou demonstrando amor de modo que meu esposo e filhos o percebem? Muitos filhos reclamam não ter recebido amor dos pais, mas na maioria das vezes eles o receberam, sim, mas numa linguagem diferente da sua e por isso não o perceberam (como se um falasse português e o outro japonês).
Há esposas e esposos que demonstram amor de formas diferentes não conseguindo comunicá-lo um ao outro. Tudo isto gera muita frustração que poderia ser evitada se as pessoas tomassem conhecimento deste estudo. (Há um livro com o título “As Cinco Linguagens do Amor” que recomendo a leitura caso você queira estudar o assunto).
Há basicamente 5 maneiras de se dizer “eu te amo”:
1. através de palavras de encorajamento“Você é uma pessoa tão paciente!”, “Você fica muito bem com esta roupa!”, ” Gostaria de ter o capricho que você tem com o jardim!”, “Você sempre tem algo bom prá dizer!” Para alguns de nós o amor se expressa em palavras de reconhecimento e elogios.
2. através do toque físico e proximidade – segurar a mão, abraçar, ficar sentado perto, colocar o braço em volta do ombro, beijar – envia uma mensagem especial de amor.
3. dando tempo de qualidade – não é assistir televisão junto com seus filhos e/ou esposo, é dar toda a sua atenção a/s outra/s pessoa/s , é ouvir e responder adequadamente.
4. ações de serviço – prestar algum tipo de serviço, fazer algo especial para comunicar seu amor. Limpar o carro da esposa, consertar a torneira que está pingando, lavar a louça para ela, fazer o serviço de banco para o esposo, levar o carro dele na oficina, datilografar o trabalho do filho, arrumar o armário do filho (quando isto já não for obrigação sua). Toda a vez que você faz por uma pessoa algo que ela não espera, você diz “eu te amo”.
5. presenteando – dar um presente parece um gesto simples, mas pode representar muito para a pessoa que o recebe. Dar um presente de improviso (porque hoje é “dia de você”) comunica que “estive pensado em você”. Não precisa ser nada caro, pode ser até fazer o bolo favorito do esposo ou do filho.
Precisamos identificar a nossa linguagem principal, a de nosso cônjuge e de cada um dos filhos. Sua linguagem principal é aquela que você usa com mais frequência e se sente mais amado quando os outros a usam. Todos falamos mais de uma linguagem e no decorrer da vida aprendemos a usar as cinco.
Todos os dias escolhemos amar ou não amar. Amar seu cônjuge na linguagem de amor dele (ou dela) é um ato de amor maior do que praticar somente a sua linguagem principal.
Jesus nos amou a ponto de dar sua vida por nós e nos deixou o mandamento de amar ao nosso próximo como a nós mesmos. E amor é ação! Vamos lá, demonstre esse amor!
Texto de Hedy Silvado
Boletim de 10/out/2010

outubro 05, 2010

REUNIÃO DE MULHERES

Dia 09 de outubro de 2010, sábado, às 15 horas!!!
Você é nossa convidada especial!
Venha nos visitar!

ATENÇÃO! LANÇAMENTO DO LIVRO DA PRª ESMERALDA CAMPELO

DIA 13 DE OUTUBRO - QUARTA-FEIRA, ÁS 19:30, SERÁ O LANÇAMENTO DO LIVRO DA PASTORA ESMERALDA CAMPELO "O ALFA E O ÔMEGA", NA SEDE DA COMUNIDADE EVANGÉLICA BETESDA, À RUA ARTHUR HAAS 36 - JARDIM MONTANHÊS - INFORMAÇÕES NO TEL.: 3412-1942
Saiba mais em "Eventos"

outubro 04, 2010

SUPERANDO AS OFENSAS


Uma pérola é formada quando um único grão de areia ou uma minúscula partícula estranha aloja-se dentro de uma ostra. Se não for importunada, aquela minúscula partícula irá causar danos para o delicado molusco. A partícula é um irritante, fazendo com que a ostra produza uma substância como a laca, chamada nácar. A ostra segrega o nácar para cobrir essa partícula irritante como um meio de proteger-se. Ela trabalha constantemente para se proteger da irritação. Essas camadas de revestimento de nácar cobrem o grão de areia, eventualmente selando a irritação e formando uma pérola maravilhosa.
Ofensas são como aquele grão de areia - quando alguém diz ou faz algo para nós que nos ofende, é como se eles colocassem areia na nossa ostra. Enquanto a ostra sempre sabe como lidar com o seu grão de areia, nós também precisamos aprender como lidar com as ofensas que nos irritam.
Ao longo de nossas vidas, coisas injustas vão acontecer. As pessoas vão nos decepcionar, vão dizer coisas que magoam os nossos sentimentos, e nem sempre nos tratarão da maneira que achamos que deveriam. Se permitirmos que as ofensas se enraizem em nosso coração, elas nos tornarão amargos e farão com que percamos nossa alegria e entusiasmo pela vida. Devemos aprender a nos isolar das ofensas e a manter nosso coração puro. Uma das chaves para amar sua vida é aprender a tomar essas coisas negativas, entregá-las a Deus, e permitir que Ele produza as pérolas de valor inestimável que a nossa vida deve ser.
Texto de Henry Fisher
Boletim de 03/out/2010 

setembro 27, 2010

TRAIÇÃO

“A reunião começou com aquele meu amigo tomando a palavra e expondo uma situação a meu respeito de uma maneira equivocada e tristemente cheia de detalhes não verídicos. Eu sabia que minha liderança e trabalho estavam mexendo, há muito, com ele. Comentários negativos que ele fazia com as pessoas, amigos comuns em muitas oportunidades, passaram a chegar até mim com maior freqüência. Mas não me preocupava, pois a comunicação direta e a sinceridade, frutos de uma verdadeira amizade que nutria por ele, eram uma constante da minha vida para com ele. Não conseguia acreditar nas mentiras que ele estava falando diante daqueles quase 40 diretores e responsáveis pelas áreas de trabalho daquela instituição. Eu fui respondendo à cada acusação mentirosa com palavras objetivas e cheias de confrontação. Queria que a verdade se estabelecesse. Se eu havia cometido todos aqueles erros, se aquelas situações tivessem ocorrido mesmo, queria assumir as responsabilidades diante de todos. Foram momentos de extrema tensão e sentimentos cheios de conflito. A reunião se estendeu por algumas horas, mas sem o fator indispensável para o sucesso dela: a imparcialidade.
Num determinado momento, retirei-me deixando aqueles diretores conversando a sós sobre mim e meu futuro, tendo sob a liderança aquele meu amigo.
Após mais uma hora, recebia a visita de três diretores. O resultado da reunião havia saído, enfim. O vice presidente da empresa disse-me: “Você é um excelente diretor, muito eficiente, não cometeu nenhum daqueles erros citados em nossa reunião geral, e isso ficou claro, mas, infelizmente, não pode mais permanecer em nossa empresa.” Aquelas palavras ecoaram dentro de mim. Mesmo que eu já soubesse que esse conflito iria termina dessa maneira, cria que os outros diretores teriam o mínimo de ética profissional para posicionarem-se clara e objetivamente diante das acusações, daqueles ditos “fatos” colocados por meu colega. Coisas que poderiam ser levantadas com extrema facilidade, bastando alguns telefonemas e entrevistas com 4 ou 5 pessoas. Mas…
Meu amigo estava lá, de cabeça baixa, mas eu sabia muito bem que ele tinha sido o responsável por todo aquele doloroso processo. Procurei, com bastante calma, colocar minha posição de repúdio àquela atitude e, em seguida, entreguei minha carta de demissão.”
Esse relato revela um potencial de destruição tremendo. A traição é uma das ações mais repudiadas em nossa sociedade, mas, também, uma das mais escolhidas como forma de eliminação de concorrência indesejada. Quem trai não consegue avaliar verdadeiramente a devastação que causará. Envolvido por seu próprio orgulho e ganância, parte para conseguir o que quer desrespeitando amizades, laços de amor, promessas, palavra empenhada, confiança…
O que sofre a traição vive a instalação de um verdadeiro câncer na alma. A Bíblia chama de “raiz de amargura”, que brota e cresce vigorosamente perturbando-o e afetando muitos outros que estão ao seu redor (conforme o verso 15 do capítulo 12 no livro de Hebreus).
Mas como tratar com ela? Veja uma estratégia que a Bíblia nos dá:
“Não paguem a ninguém o mal com o mal… no que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz uns com os outros… nunca se vinguem de ninguém, pelo contrário, deixem que o castigo de Deus faça isso. Por que as Escrituras Sagradas dizem: “Eu me vingarei, eu acertarei as contas com eles, diz o Senhor.” Mas façam como dizem as Escrituras: “Se o seu inimigo estiver com fome, dê comida a ele; se estiver com sede, dê água. Porque assim você o fará queimar de remorso e vergonha.” Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem.” (livro de Romanos, capítulo 12, versos 17 a 21)
Isso só será possível se você decidir firmemente em seu coração praticar esse princípio em sua vida. Você experimentará uma libertação maravilhosa! Entregue a Deus, não só essa situação (passada ou presente), mas toda a sua vida, o que você é e tem e será como se abrisse a janela de um cômoda fechado, sentirá o frescor da brisa de Deus sobre você. Experiência própria.
Texto de Átila
Boletim 26/09/2010

setembro 17, 2010

RECUPERANDO AS OPORTUNIDADES PERDIDAS

Quando eu olho para minha vida, posso ver onde eu perdi algumas oportunidades dadas por Deus. Talvez você esteja dizendo a mesma coisa. Se assim for, eu quero encorajá-lo: não viva em arrependimento. Não deixe que as oportunidades perdidas façam você se sentir decepcionado e desanimado. Deus é maior que suas oportunidades perdidas. Ele ainda pode fazê-lo chegar onde você precisa na vida.
Você já usou um desses sistemas direcionais de GPS em seu carro? Você define o local onde você quer ir, e o GPS calcula a melhor rota. Você pode estar dirigindo e se distrair e perder completamente a rua onde o GPS te instruiu que dobrasse, mas isso não significa que você nunca vai chegar ao seu destino. Esse sistema GPS irá imediatamente recalcular a rota, com base em sua localização atual. Deus trabalha de maneira semelhante. Ele está constantemente nos dando direções, falando aos nossos corações, conduzindo-nos através da concessão de paz ou agitação em nossos espíritos, mas mesmo quando perdemos Suas instruções - e todos nós fazemos isso de vez em quando - Ele vai recalcular o nosso percurso e nos levar de volta onde precisamos estar.
Eu gosto muito do que o apóstolo Paulo disse: "Uma coisa faço, esquecendo-me das coisas que para trás ficam, prossigo para o alvo". Ele estava dizendo que devemos voltar nossos pensamentos para o presente e o futuro e continuar procurando novas oportunidades. Esteja preparado, porque Deus está pronto para realizar os sonhos e desejos que ele colocou dentro do seu coração. Ele gosta de restaurar oportunidades que antes pareciam perdidas para sempre. E às vezes ele traz de volta aquelas oportunidades de uma maneira que não tínhamos considerado ou não estávamos procurando. Pode não acontecer sempre da forma que pensamos, mas se você ficar aberto, Deus irá abençoá-lo além de seus sonhos mais maravilhosos.
Texto de Henry Fischer
Boletim de 19/09/2010

setembro 15, 2010

O TEMPO

Imagine que você tenha uma conta corrente no banco, e a cada manhã você acorde com um saldo de R$ 86.400,00. Só que não é permitido transferir o saldo do dia para o dia seguinte. Todas as noites o seu saldo é zerado, mesmo que você não tenha conseguido gastar todo dinheiro durante o dia.
O que você faz ? Você irá gastar cada centavo, é claro!
Todos nós somos clientes deste banco que estamos falando. Se chama TEMPO.
Toda manhã, é creditado por Deus para cada pessoa 86.400 segundos. Toda noite o saldo é debitado, como perda. Não é permitido acumular este saldo para o dia seguinte. Toda manhã, a sua conta é reinicializada, e todas as noites as sobras do dia se evaporam. Não há volta. Você precisa gastar vivendo no presente o seu depósito diário. Invista, então, no que for melhor, essa dádiva de Deus, na saúde, na felicidade e no sucesso. O relógio está correndo. Faça o melhor para o seu dia-a-dia. Lembre-se que Deus vai pedir conta a você de cada segundo dessa vida.
Para você perceber o valor de um ano, pergunte a um estudante que repetiu o ano letivo. Para você perceber o valor de um mês, pergunte para uma mãe que teve um bebê prematuro. Para você perceber o valor de uma semana, pergunte a alguém que espera ansioso por uma viagem. Para você perceber o valor de uma hora, pergunte para alguém que teve insônia a noite e esperou pela manhã. Para você perceber o valor de um minuto, pergunte a uma pessoa que perdeu o trem. Para você perceber o valor de um segundo, pergunte a uma pessoa que conseguiu evitar ou não um acidente. Para você perceber o valor de um milésimo de segundo, pergunte a alguém que ganhou a medalha de ouro em uma olimpíada.
Ontem é história, o amanhã pertence a Deus, hoje é uma dádiva, por isso, é chamado de presente! Presente de Deus a você. Invista seu tempo procurando sempre empregá-lo da melhor forma possível, dando primeiramente a Deus o melhor, reservando tempo para meditação nos seus princípios e na Bíblia. Depois priorize a sua família, e não se esqueça que você faz parte dela também. Todo tempo bem gasto com você e sua família não é perda mas sim, um investimento, que no futuro vai beneficiar a todos e evitar muitos desgostos e conseqüente perda de tempo precioso. E por fim dedique-se ao seu ganha pão com toda sua força, capacidade, entusiasmo e dinamismo, pois isso vai lhe trazer retorno material e satisfação pessoal.
Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos corações sábios” Salmos 90:12

setembro 08, 2010

NÃO SE PERMITA DAR DESCULPAS

Você já se ouviu dizer: "Eu não posso fazer isso, eu não sou tão talentoso, eu não tenho as finanças", ou "eu não tenho feito isso há tanto tempo, eu sou muito velho, eu estou muito fora de forma? É fácil pensar, eu nunca vou casar. Eu estive solteira por muito tempo. Ou você pensa, eu nunca vou sair da dívida. Eu devo muito e parece que não consigo progredir. Não se permita dar desculpas, porque se você as der por muito tempo, você mesmo poderá começar a acreditar nelas.
Moisés tinha um jeito de arranjar desculpas. Quando Deus o chamou para liderar o povo Hebreu para fora do cativeiro, a primeira declaração da boca de Moisés foi: "Eu não posso Deus, eu gaguejo". Moisés queria ajudar os Israelitas, mas ele tinha dado tantas desculpas que ele não acreditava em si mesmo. Mas Deus quis ajudar Moisés. Ele queria capacitá-lo, então ele disse a Moisés: "Vou enviar o seu irmão, Arão, para ajudá-lo."
Assim como Deus ajudou Moisés, Ele também quer ajudá-lo a realizar grandes coisas em sua vida. Ele fará as pessoas certas cruzarem seu caminho e abrirá novas portas à sua frente. Às vezes, Deus apresenta oportunidades que parecem pequenas ou insignificantes, talvez até comuns. Talvez você não veja como elas se encaixam no quadro geral de sua vida. No entanto, se Deus está lhe presenteando com algo, ele tem um propósito para isso e ele pode elevá-lo e promovê-lo a responsabilidades maiores. Mas, para isso, você deve parar de inventar desculpas e começar a acreditar em si mesmo.

Texto de Henry Fisher
Boletim de 12/09/2010

setembro 02, 2010


ATENÇÃO MEMBROS!
ADIADA A ASSEMBLÉIA PARA DIA 11/09 - SÁBADO, ÀS 18 HORAS.

SUA PRESENÇA É INDISPENSÁVEL.

agosto 30, 2010

SEU VALOR VEM DE DEUS

“Eu te edificarei mais uma vez”
(Jeremias 31:4)
Adão tinha um relacionamento com Deus antes de ter um relacionamento com Eva. Por que isto é importante? Porque ninguém, exceto Deus, pode lhe dizer quem você realmente é, ou quanto você vale! Enquanto não entender isto, você continuará procurando por alguém que o ame tanto até que finalmente você comece a se sentir bem a respeito de si mesmo. O problema é que quando encontrar essa pessoa, você se agarrará a ela com todas as suas forças. Tentará atender a todas as suas necessidades e se sentirá ameaçado se ela puder fazer (ou tiver prazer em) qualquer coisa sem você. Então você dirá: “Eu só preciso de você e nada mais, como você pode não sentir o mesmo por mim?” Nenhum relacionamento consegue suportar essa carga.
Somente depois de aprender a relacionar-se com Deus é que Adão aprendeu a relacionar-se com Eva. É na presença de Deus, livre das opiniões dos outros, que você começa a olhar para si mesmo no espelho certo. É ali que você se prepara para dar o melhor a alguém, mas não como antes, pois algo mudou. Agora você sabe o quanto vale e somente se entregará a alguém que veja em você o mesmo valor. Deus sempre quis o melhor para você; Ele está apenas esperando que você entre em entendimento com Ele.
Se você foi abusado, abandonado, traído, ou se sente como se nunca conseguisse se igualar aos outros, procure entender estas palavras. Elas vêm de um Deus, cuja opinião a seu respeito nunca muda: “Eu te amei com amor eterno; com amor leal te atraí. Eu te edificarei uma vez mais” (Jeremias 31:3-4).
Lembre-se cada vez que o Senhor nos reedifica. Ele sempre nos faz melhor.

agosto 23, 2010

NOSSO VIGIA NOTURNO

Olho para os montes e pergunto: “De onde virá o meu socorro?
O meu socorro vem do Deus Eterno, que fez o céu e a terra
Ele não deixará que você caia, pois o seu protetor está sempre alerta.
O protetor do povo de Israel nunca dorme nem cochila.
O Deus Eterno guardará você; ele está sempre ao seu lado para protegê-lo.
O sol não lhe fará mal de dia nem a lua, de noite.
O Eterno o guardará de todo o perigo, ele protegerá a sua vida.
Ele o guardará quando você for e quando voltar,
agora e para sempre.”
(Salmos, capítulo 121)
Gostaria que você lesse e meditasse um pouco nas palavras do Salmo 121. Eu tenho tendência a ser ansiosa e muitas vezes levo todos os problemas do dia para a cama comigo. Resultado: não durmo bem e no outro dia estou um “trapo”. Uma senhora certa vez escreveu algo que me ajudou muito. Ela disse que à medida que tirava a roupa que havia usado durante o dia, ela se despia das suas preocupações, orando por cada uma delas, depois ela tomava um bom banho e colocava seu roupão. Parece uma coisa boba, mas após fazer isto ela se sentia liberta do peso e pronta para realmente descansar. Eu fiz, e funcionou!
Se Deus quisesse que ficássemos acordados a noite toda trabalhando nos problemas do mundo, o Espírito Santo nos revelaria, mas, ao contrário sua Palavra nos diz que Deus não dorme (verso 3 do Salmo 121), e por isso eu posso dormir! O sono vai renovar as minhas forças e enquanto isso Deus está acordado cuidando de cada uma das minhas preocupações. Eu trabalho o dia inteiro e não preciso trabalhar no turno da noite também. Além do mais, minha ansiedade pura e simples não vai ajudar em nada na resolução daquilo que me aflige… ao contrário, ela vai fazer que os problemas pareçam maiores diante dos meus olhos.
Você já se sentiu assim? Então experimente descansar no Senhor, entregando-lhe cada uma das suas preocupações!
Lembre-se: “Para uma boa noite de descanso, descanse no Senhor!
Texto de Hedy Silvado

agosto 09, 2010

APRENDA A ESCREVER NA AREIA

Era uma vez dois amigos que viajavam pelas montanhas da Pérsia. Certa manhã chegaram às margens de um grande rio. Ao tentar atravessá-lo, o jovem Mussa caiu em suas águas e como não sabia nadar começou a se afogar. Ao ver o amigo naquela situação, Nagib atirou-se nas correntezas e conseguiu salvá-lo. Logo que se recuperou do susto, Mussa chamou os seus ajudantes e ordenou que escrevessem na maior pedra do lugar esta legenda: “Viajante, neste lugar, durante uma viagem, Nagib salvou heroicamente o seu amigo Mussa.”
A viagem continuou e meses depois quando regressavam e atravessavam o mesmo rio, resolveram passar ali a noite. Sentados na areia, puseram-se a conversar. De repente surgiu uma desavença e uma discussão começou. Nagib, exaltado, num ímpeto de cólera, esbofeteou o amigo. Mussa tomou o bastão e escreveu na areia ao pé da grande pedra: “Viajante, neste lugar durante uma viagem, Nagib por motivo fútil injuriou gravemente o seu amigo Mussa.”
Surpreso e irritado, um dos seus ajudantes comentou: “Senhor, na primeira vez para exaltar a abnegação de Nagib, o senhor mandou gravar para sempre na pedra o feito heróico. E agora que ele acaba de ofender-vos, vos limitais a escrever na areia incerta o ato de covardia? A primeira legenda ficará para sempre, mas esta, antes do despertar do dia, já terá desaparecido com o vento…” Mussa respondeu: “É que o benefício que recebi permanecerá para sempre em mim, mas a injúria, escrevo-a na areia para que, quando depressa apagar-se, depressa também desaparecerá da minha lembrança.”
Boa história, mostra como a raiva pode danificar as relações. Responda rapidamente a estas perguntas: Você é pavio curto? Tem cabeça quente? Perde constantemente a paciência? Leva tempo demais para recuperar-se de uma ofensa? Fica sempre furioso quando é criticado? Quando fica frustrado tem vontade de bater em alguém? Se a maioria das respostas foram afirmativas, é sinal de que o “bichinho” da raiva fica picando você constantemente.
A sociedade moderna defende a expressão da raiva como algo positivo e saudável: Não se deve levar desaforo para casa, faz mal para a saúde. Será? Churchill dizia justamente o contrário: “Ninguém jamais teve dor de estômago por engolir palavras cruéis que deixou de dizer.” Cuidado com a catarse, com a moda de por tudo para fora. Nesse “vômito” enfurecido destruímos meio mundo e depois temos que recolher os cacos. Ficamos com o saldo da raiva – relacionamentos desgastados pelas besteiras que fizemos: “O que facilmente se ira faz doidices” Provérbios 14:17.
Faça um mapeamento dos seus pontos fracos. Todos nós temos situações que nos deixam à beira de um ataque de nervos. Tente descobrir porque nestas horas você fica tão irritado, fique preparado para enfrentar estes momentos. Assim terá mais chance de ficar menos raivoso quando o fato vier a acontecer.
Lembre-se do que diz a Bíblia: “Se você ficar com raiva, não deixe que isso o faça pecar e não fique com raiva o dia todo.” Efésios 4:26. Não deixe a raiva ocupar grandes espaços no seu coração; quando ela bater em sua porta, aprenda a escrever na areia, afinal: “Se você for paciente no momento de raiva, escapará de cem dias de pensar” (Provérbio chinês)
Fonte: VidaNet - Leonor Gomes Machado Cordeiro
Boletim 08/08/2010

agosto 04, 2010

VIVENDO EM PAZ

Existe uma fórmula mágica para que a família viva em união?
“Vivam em paz uns com os outros. Recomendamos ainda o seguinte: aconselhem com firmeza os preguiçosos, animem os desanimados, ajudem os fracos na fé e tenham paciência com todos. Tomem cuidado para que ninguém pague o mal com o mal. Ao contrário, procurem fazer sempre o bem uns aos outros e a todos em geral.” I Tessalonicenses 5:13-15
Muitas pessoas passam a vida atrás do “e viveram felizes para sempre” que lemos nos contos de fadas. Na vida real descobrimos que não existe o “mágico final feliz”. O que existe é um homem e uma mulher aprendendo a expressar o seu amor na presença da egocêntrica natureza humana. É através desta tensão que crescemos como indivíduos e como casal. É convivendo assim é que descobrimos ser possível experimentar um relacionamento conjugal ainda melhor do que qualquer conto de fadas – ser verdadeiramente feliz. Felicidade é conseqüência e não a causa da nossa existência. Felicidade é resultado de crescimento pessoal e conjugal. Crescemos quando buscamos a paz – não a ausência de conflito. Crescemos quando aprendemos a perceber como certas observações, implicâncias, silêncios promovem a guerra – Vivam em paz uns com os outros!
Descobrimos nossos motivos e intenções verdadeiros quando temos que conversar, negociar, exortar, aconselhar aqueles que se revoltam com tudo e com todos. (Não é verdade que muitas vezes vemos a nós mesmos na rebelião de nossos filhos?) Descobrir que em sou no íntimo é uma das coisas boas resultantes da vida familiar – Aconselhem com firmeza!
“Você sabe que aqui tem um ombro para chorar!” Qual foi a última vez que você doou o seu tempo e ombro para aliviar a dor de alguém? Quantas vezes descobrimos que o silêncio da nossa presença confortou mais do que mil palavras. O ambiente do seu lar em sido de crítica e julgamento ou de incentivo e reconhecimento? Nada como ser reanimado por aqueles que você mais ama – Animem os desanimados!
Esta vida está cheia de surpresas – “Aquele que pensa que está em pé é melhor ter cuidado para não cair.” (1 Co. 10:12). Você está preparado para estender a mão sem julgar, sem dizer “Eu não falei?” para uma “torre de auto-suficiência”? Os fortes, segundo os padrões humanos certamente descobrirão a sua fraqueza. Amparar o próximo no seu momento de fraqueza é prioridade da família e dos amigos. Deus seja louvado se eu e você pudermos mostrar-nos fracos nos nossos lares. Vergonhoso é perder a oportunidade para ser fonte através de Deus – Ajudem os fracos na fé!
E quando o insubmisso não aceitar o diálogo? E quando o desanimado não quiser ser consolado? E quando o fraco pensar que é forte? A Bíblia nos anima dizendo: Tenham paciência com todos! Um adesivo de um grupo de casais diz: ”Nenhum sucesso compensa o fracasso no lar.” Maridos, esposas, filhos, filhas, famílias iniciadas para viver em união, não permitam que a natureza humana, as pressões da vida moderna afastem-nos do propósito inicial: Procurem fazer sempre o bem! E a cada dia, através de cada pessoa, em cada relacionamento, descobriremos mais do que o final feliz de um conto de fadas, descobriremos o plano de Deus para nossas vidas – Vida em abundância!

Texto de L. Roberto Silvado
Boletim de 01/08/2010

MANTENHA A PERSPECTIVA CORRETA DA VIDA

Quando você aumenta alguma coisa, isso não muda o tamanho do objeto, simplesmente muda a sua perspectiva dele. Quando você põe uma moeda na sua mão e estica o braço para fora na sua frente, aquela moeda parece pequena em relação ao que lhe cerca. Mas quando você traz a moeda para perto de seu olho, parece muito maior. Na verdade, quando você segurá-la perto o suficiente, não será capaz de ver nenhuma outra coisa. Tantas vezes na vida, as nossas dificuldades e os desafios parecem muito maiores do que realmente são, simplesmente porque os estamos mantendo mais próximos de nós do que o necessário. Mas quando temos a perspectiva correta, essas mesmas dificuldades tornam-se muito mais controláveis.
Para manter a perspectiva correta, temos que ampliar as coisas certas em nossas vidas. Quando nos deparamos com desafios devemos nos lembrar de todas as grandes coisas que Deus já fez por nós. Nossa perspectiva na vida sempre muda quando optamos por ter um coração grato.
Quando escolhemos o negativo, é como nadar contra a corrente, torna tudo uma luta. Uma perspectiva inadequada irá drenar a sua energia e vitalidade, roubando a diversão e alegria de sua vida. Sua vida é para ser desfrutada, você não foi criado para lutar constantemente e estar desencorajado.

Texto de Henry Fisher
Boletim de 25/07/2010

DEUS TUDO VÊ

Um astrônomo ajustava as lentes do seu telescópio para observar o pôr do sol. Enquanto fazia isto ele percebeu no horizonte algumas árvores no alto de uma colina. Foi com grande surpresa que ele viu dois jovens roubando maçãs de uma árvore. Enquanto um sacudia a árvore para as frutas caírem, o outro observava ao redor verificando se alguém os estava observando. Eles pensavam que ninguém podia vê-los mas o astrônomo observou cada um dos seus movimentos.
Imagine o quanto pode ver um Deus que está em todos os lugares ao mesmo tempo e que sabe todas as coisas, públicas e privadas, pois conhece até os nossos pensamentos e intenções. Esta é uma informação que pode até gerar uma certa insegurança e inquietação. Não tenho mais privacidade, você pode pensar. Mas você nunca esteve ausente da presença de Deus, nem enquanto era formado no ventre de sua mãe.
“Tu viste quando os meus ossos estavam sendo feitos, quando eu estava sendo formado na barriga da minha mãe, crescendo ali em segredo. Tu me viste antes de eu ter nascido.”O Deus Eterno não apenas vê todas as coisas mas perdoa todas as coisas se formos a Ele com o coração arrependido confessando os nossos pecados.
O nosso Pai Celeste prometeu fazer o seguinte com os nossos pecados: PERDOÁ-LOS TODOS!
“Portanto, arrependam-se, mudem de vida e voltem para Deus, para que ele perdoe os pecados de vocês.”
“Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é justo: perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda a maldade.”
ATIRÁ-LOS NAS PROFUNDEZAS DOS MARES!
“Novamente terás compaixão de nós; acabarás com as nossas maldades e jogarás os nossos pecados no fundo do mar.”
APAGÁ-LOS TODOS!
“Feliz aquele cujos pecados Deus perdoa e cujas culpas ele apaga.”
ESQUECE-LOS TODOS!
“Jesus … apareceu para tirar os pecados por meio do sacrifício de si mesmo.”
“Pois eu perdoarei os seus pecados e nunca mais me lembrarei das suas maldades.”
Você e eu não podemos esconder de Deus os nossos pecados. Deus tem um olho que tudo vê e um coração que deseja perdoar a todo aquele que O busca. Vamos então confessar nossos pecados com arrependimento para sermos alvo da Sua misericórdia e do Seu perdão.

L. R. Silvado
Boletim de 18/07/2010